22.2 C
Imperatriz
domingo, janeiro 29, 2023
spot_img
InícioAssinantePresa no Rio de Janeiro dupla acusada pela morte de empresário em...

Presa no Rio de Janeiro dupla acusada pela morte de empresário em 2005 em Imperatriz

A Polícia Civil do Maranhão em conjunto com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, prendeu no Rio de Janeiro, dois homens pelo homicídio qualificado do empresário Sebastião Pacheco, em novembro de 2005, em Imperatriz. De acordo com a polícia, o empresário, que era dono da Nova Sião e de outras empresas de transporte na região, foi executado quando chegava em sua casa, no momento em que estacionavaa seu carro. A vítima foi atingida por quatro disparos efetuados por um homem, que se aproximou da janela do veículo conduzido por Sebastião.

Ainda segundo a polícia, o criminoso que efetuou os disparos, também contou com a ajuda de pelo menos outros dois comparsas, entre eles um homem, também capturado, responsável pela fuga do local do crime. Segundo as investigações, a morte do empresário teria sido encomendada pelo, na época, sócio da vítima e que achava que estaria sendo enganado quanto à divisão dos lucros das empresas.

Feita a investigação, constatou-se que os autores do crime estavam residindo no Estado do Rio de Janeiro nas cidades de Barra do Piraí e Itaboraí. Diante de tais informações, a Polícia Civil do Maranhão solicitou apoio operacional às equipes do Estado do Rio de Janeiro, sendo tal pedido de cooperação atendido de imediato por meio da equipe de Policiais da 60ª DP – Campo Elisios, com a coordenação do Delegado Dr. Flávio Rodrigues.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro, prendeu os dois indivíduos, que agora estão à disposição da justiça.

Lucas Aquino
Lucas Aquino
Acadêmico de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Populares

- Publicidade -

Ultimos Comentários

× WhatsApp