27.9 C
Imperatriz
sábado, agosto 13, 2022
spot_img
InícioPolicialLaudo diz que sangue encontrado em carro não é da Dona Teresinha

Laudo diz que sangue encontrado em carro não é da Dona Teresinha

De acordo com a Polícia Civil do Maranhão, o sangue encontrado no carro de um homem que foi filmado por câmeras de segurança entrando e saindo diversas vezes do terreno onde Teresinha de Jesus Baiano Berto foi vista pela última vez, não é da idosa.

A resposta sobre o resultado do exame foi confirmada, com exclusividade, ao Imperatriz Online por meio de nota após entrarmos em contato solicitando um posicionamento sobre o caso.

Ainda segundo a polícia, o resultado do exame apontou que o sangue na verdade pertence ao dono do carro, na época apontado como suspeito do desaparecimento da dona Teresinha.

A amostra de sangue foi enviada para o Instituto de Genética Forense do Maranhão e em setembro do ano passado estava passando por análise, mas o resultado nunca havia sido divulgado. Hoje (19), o desaparecimento da idosa está completando um ano. Segue abaixo a nota da Polícia Civil:

“A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) informa que, com relação às investigações do caso da dona Teresinha, as testemunhas que avistaram a vítima com vida no dia do desaparecimento foram ouvidas, inclusive, a última pessoa que teve contato com ela, um homem que comercializa frutas em um automóvel, no bairro Bacuri.

A Instituição de Segurança comunica que realizou a apreensão do veículo para fins de perícia, tendo sido localizado vestígios de sangue no seu interior. Além disso, a Polícia realizou o processo comparação das amostras encontradas com o perfil genético do suspeito e da vítima, tendo sido constatado que o sangue não pertencia à vítima e sim ao proprietário do veículo.

Dando continuidade às investigações, a PC realizou diligências com cães farejadores nos lugares próximos ao desaparecimento, porém, nada foi encontrado. O Corpo de Bombeiros também realizou buscas em tubulações de água pluvial e no Rio Tocantins, porém sem êxito. O caso segue sendo investigado, e mais detalhes não serão divulgados visando assim não atrapalhar o trabalho policial.”

Valéria Cristina
Valéria Cristina
Acadêmica de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de Jornalismo do Imperatriz Online e Mais Maranhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Populares

- Publicidade -

Ultimos Comentários

× WhatsApp