23.3 C
Imperatriz
sábado, dezembro 3, 2022
spot_img
InícioAssinanteHomem sofre tentativa de homicídio ao cobrar salários atrasados

Homem sofre tentativa de homicídio ao cobrar salários atrasados

Um funcionário sofreu uma tentativa de homicídio, em Cidelândia, após cobrar o pagamento de salários atrasados ao seu chefe. Segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT), a vítima recebeu um disparo de espingarda na nuca.

Mesmo cobrando o fazendeiro para quitar os valores devidos, não teve sucesso. Viveu por uma semana nas ruas na cidade, até que o fazendeiro o procurou e garantiu que pagaria a dívida no dia seguinte.

funcionário voltou à fazenda e foi carregar a caminhonete do patrão com pacotes de sal mineral. “Quando fui carregar o último pacote, ao virar de costas, levei o tiro de espingarda que pegou de raspão na minha cabeça”, afirmou a vítima.

Imagens de Notícias de Imperatriz
Funcionário recebeu tiro de espingarda na nuca

Segundo o trabalhador, o tiro teria sido dado pelo caseiro, a mando do fazendeiro. Ensanguentado, caiu no chão e fingiu ter morrido. Ainda teria ouvido do caseiro: “Tá morto o peão”.

O MPT informou que ele trabalhou de setembro a novembro do ano passado em uma fazenda, onde recebeu apenas R$ 150 durante o período, mas tinha a promessa de receber um salário mínimo mensal. O caso deu início a uma operação de resgate de trabalhadores em condições análogas à escravidão.

Imagens de Notícias de Imperatriz
Fazenda onde eles moravam

A força-tarefa foi organizada conjuntamente pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), Auditoria-Fiscal do Trabalho e Polícia Federal. O resultado foi o resgate de quatro trabalhadores em duas fazendas pertencentes ao mesmo proprietário.

Na inspeção das duas fazendas, foi flagrado os trabalhadores em barracões em condições precárias de higiene e saúde e segurança. Além disso, eles estavam sem água potável e de energia elétrica, entre outras irregularidades.

Lucas Aquino
Lucas Aquino
Acadêmico de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Populares

- Publicidade -

Ultimos Comentários

× WhatsApp